domingo, 22 de novembro de 2009

A cartada RZ


Começo dos anos 80: a braços com um mercado estagnado, pressões salariais cada vez mais difíceis de satisfazer, e o fenómeno nascente mas cada vez mais preocupante das importações de motorizadas japonesas, a Casal tenta voltar aos seus tempos áureos da segunda metade da década de 60 e dos anos 70 com lançamentos cada vez mais ambiciosos. E entre aqueles em que a empresa arriscou mais, o da RZ50 foi certamente um deles pois a mesma destinava-se ao segmento de motorizadas desportivas onde a Casal não tinha tido, até então, qualquer êxito comercial. João Casal, porém, era um homem extremamente arrojado e apesar de todos os problemas, resolveu arriscar dando luz verde ao projecto. Não obstante todos os seus avanços tecnológicos a nível nacional e preço competitivo, a motorizada não foi o sucesso que se esperava mas hoje, passados 25 anos, a Dmc resolveu prestar-lhe uma homenagem, fazendo dela a motorizada nacional da Dmc 18. A máquina, o que ela representou na altura em termos de novidade, e a saudosa Casal, merecem! Caso alguém saiba alguma coisa sobre a mesma, a Dmc agradece, e agradece.

Sem comentários:

Publicar um comentário