quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Chamava-se Tâmega


Sabia-se que tinha existido, sabia-se que a sua base de montagem era da Confersil, mas não se sabia muito mais que isso sobre as Tâmega. Pois a Dmc, sempre à procura do ainda não tão bem conhceido no domínio das motos clássicas, meteu-se ao caminho, foi até Amarante - a terra onde a marca nasceu -procurou e procurou, e conseguiu chegar à fala com J. Carmo, um dos criadores da Tâmega. E, coincidência das coincidências, no dia em que lá fomos, a sua oficina no centro de Amarante tinha para revisão não uma mas duas Tâmegas, uma de cada um dos dois modelos que a marca teve enquanto se fabricou, na década de 70, a Turismo e a Sport. Quem tiver a pensar restaurar uma, já não tem desculpas para não a restaurar ou para não o fazer de acordo com o original. A ver se algures em 2010, com esta e/ou outras ajudas, descobrimos por aí a primeira Tâmega em estado de colecção!

7 comentários:

  1. Assim é que é procurar até conseguir. Só espero que tenha a sorte de em 2010 encontrar por aí uma Tâmega em estado de colecção para assim tirar o proveito da sua pesquisa.

    ResponderEliminar
  2. Um membro do clube Botafumaça, perto de Penafiel, tem uma quase restaurada, e em Navais, perto da Póvoa do Varzim, também há gente a restaurar Tâmegas. Uma das "restaurandas" quase de certeza vai ficar ok neste 2010. E cá espero estarmos para a mostrar aos leitores da Dmc!!!

    ResponderEliminar
  3. Fico mesmo contente por ver esta notícia !!!
    Sou possuidor de duas tâmegas, uma de cross (igual á confersil) e uma de 2 velocidades igual á casal aliforte!...
    Estao ambas para restauro neste momento.
    Aqui fica o meu mail caso estejam interessados em fotos delas etc:
    ~
    lazak_braga@hotmail.com

    Gostaria imenso de saber se voces possuem fotos de fabrica destas motas, era uma ajuda preciosa!
    Cumps

    ResponderEliminar
  4. Lá em casa temos uma destas Tâmega a Azul igual à da foto com motor casal de turbina, à cerca de +/- 12 anos o meu pai gastou nela à volta de 90 contos na altura, ficou como nova... Nunca foi aberto o motor!
    Agora o meu pai está fora do país e eu não tenho grande tempo para lhe tirar a ferrugem e está a apanhar pó lá na garagem... É bom ver que ainda há mais iguais...
    Sérgio

    ResponderEliminar
  5. Eu tenho uma casal Tamega totalmente restaurada. Quando a restaurei ainda à procura na Internet de originais e como não encontrei restaurei-a segundo o que se conseguia ver, pois encontrava-se em mau estado. Ainda não coloquei o nome no depósito pois não consigo encontrar fotos de motos iguais à minha, nem nas bolsas laterais. Caso queiram ver fotos deixo aqui e o meu email: jpsngoncalves16@gmail.com e se tiverem fotos do nome no deposito, emblemas e autocolantes, agradecia que me enviassem. Pedro Gonçalves

    ResponderEliminar
  6. Eu tenho uma casal Tamega totalmente restaurada. Quando a restaurei ainda à procura na Internet de originais e como não encontrei restaurei-a segundo o que se conseguia ver, pois encontrava-se em mau estado. Ainda não coloquei o nome no depósito pois não consigo encontrar fotos de motos iguais à minha, nem nas bolsas laterais. Caso queiram ver fotos deixo aqui e o meu email: jpsngoncalves16@gmail.com e se tiverem fotos do nome no deposito, emblemas e autocolantes, agradecia que me enviassem. Pedro Gonçalves

    ResponderEliminar
  7. Bom dia. Sabe-me dizer o modelo em sil da casal qual é??? Estilo K185 ou K188 ....etc ??

    Desde ja obrigado.

    ResponderEliminar