terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Muito telefone, pouco computer


Ontem já muito fora de horas - eram quase 22h - telefonema para a redacção da revista. Era o amigo Eduardo do Carregado a querer saber algumas informações sobre passeios de bicicletas antigas. Quase 20 minutos ao telefone. Hoje, antes das nove, novo telefonema. De São Brás de Alportel. Um senhor Santana que queria informações sobre um artigo que tinha saído no úlitmo número da revista. E a partir daí foi um atrás do outro. Quase até agora, já boas horas para se ir para casa. De todo o lado do país, de Lisboa, margem sul, do Porto, Minho, Penafiel, Rebordosa, Viseu, Almodôvar, Almoçageme, Funchal, Silves, e sabe-se lá mais de onde. Em quase dois anos de revista, não me lembro de uma outra edição da Dmc que tivesse levado tanta gente a contactar-nos, pelos mais variados assuntos. Que haja muitas assim, é o que se deseja!

Sem comentários:

Publicar um comentário