quarta-feira, 13 de abril de 2011

Quem disse que eles não lhes ligam?

Em andanças pela região oeste há poucos dias atrás, sempre à cata de clássicas entenda-se, fui ter a uma oficina de motos de que nunca tinha ouvido falar, a Famalimotos, em Famalicão, no concelho da Nazaré. Estava à espera de encontrar uma garagem dedicada à venda de chinesas e, eventualmente, com uma clássica ou outra lá pelo meio, mas nada disso. Logo na entrada do stand, tínhamos uma Vespa clássica impecavelmente restaurada e em exposição o que só por si já era sinal que o dono, o Sr Ezquiel, gostava de "senhoras". Mas o mais interessante estava lá dentro. Realmente tinha umas scooters dos orientes à venda, mas no meio delas, podia ver-se uma mão cheia de motorizadas clássicas, incluindo uma Zundapp Combinette (uma nica da qual se pode ver aqui na foto), uma V5 e uma Vespa 50, tudo de clientes. E como se isso não chegasse, enquanto o Sr Ezquiel andava atarefado de um lado para o outro, cinco miúdos da terra - o Joel, o Iuri, o André, o Filipe, e um outro Filipe - no caminho da escola para casa tinham decidido lá passar, "só para ver as motos". Dois deles, pelo menos, têm motorizada lá em casa e um herdou, ou estaria para herdar, uma motorizada do avô. Com malta nova a interessar-se assim pelas motos e pelas clássicas, é caso para termos poucas dúvidas que a nossa paixão tem futuro!

Sem comentários:

Publicar um comentário