sexta-feira, 16 de abril de 2010

Melhor que ouro


Ainda não é clássica nem tão pouco uma pré-clássica pois foi fabricada em 1993, mas a Suzuki SW-1 não só para lá caminha como pode orgulhar-se de ser a moto mais valorizada do mundo. E isto porque apesar da sua jovem idade, é tal maneira rara (só foi vendida no Japão e só durante alguns meses) e de tal maneira esquisita (parece-se muito com as scooters excêntricas dos anos 50 muitas das quais também só se fabricaram em pequenas séries),que tem despertado a atenção e interesse de coleccionadores de motos em todo o mundo. Quando, por milagre ou quase, aparece uma á venda, o seu valor pode chegar aos 15.000 euros, três vezes mais que o seu preço original de venda. O mais curioso é que até hoje não há uma explicação oficial para a marca japonesa a ter deixado de fabricar tão pouco tempo depois de ter sido lançada!

Sem comentários:

Publicar um comentário