quarta-feira, 30 de junho de 2010

A Pachancho do telhado

O distrito de Braga foi, e continua a ser, a terra de eleição das Pachancho. É onde se encontram mais Pachanchos e Cinal Pachanchos (CN) restauradas, onde há mais Pachanchos e CN para compra e venda, e onde é possível ainda descobrir uns quantos garagistas que têm peças para elas. A maior parte estão, como seria de esperar, em garagens ou oficinas, mas há uma que, para o bem e para o mal, é um caso único não só em Portugal como no mundo. Encontra-se - e já há alguns anos - junto a uma casa mas nem dentro dela nem cá fora encostada a alguma parede ou árvore: o seu proprietário, ou alguém ligado a ele, lembrou-se de colocá-la no alto da casa, mesmo ao nível do telhado. Pondo de lado a hipótese que se trate de uma brincadeira, a única explicação é que ela foi lá posta para fazer peso na lage superior do tanque de água sobre o qual se encontra. Mesmo assim, que raio de sina para uma moto, não é? Uns tijolos e cimento faziam melhor trabalho e custavam bem mais barato. E a coitada da Pachancho, essa, ia certamente poder ter um futuro bem mais feliz.

Sem comentários:

Publicar um comentário