quinta-feira, 14 de outubro de 2010

A "fábrica" de Forjães

Cansado com tantos impostos novos e taxas disto e daquilo? Nós também, mas a vida não tem que ser só feita destas desgraças, e um bom exemplo de que há outras coisas mais interessantes vem de Alcino Pereira, o "jovem" de 73 anos de Forjães, no concelho de Esposende que, haja crise ou não haja crise, não pára de surpreender com as suas "séries" de peças para motorizadas nacionais, sobretudo para V5s. A sua especialização nesta área já é de tal ordem que para além de emblemas, autocolantes, borrachas e outras peças mais simples que já fazia desde há um ano e pouco, agora também "faz" séries de suspensões, cilindros, guarda-correntes e outras peças metálicas, a partir do zero ou pela recuperação de peças. Só isto já é de se tirar o chapéu, mas o pior, ou o melhor, é que Alcino não se fica por aqui. Para além disto, e dos restauros - segundo ele, todas as semanas sai da sua oficina uma motorizada restaurada - está a começar a lançar-se nas exportação de V5s para o estrangeiro. Em pequenas séries, claro, mas isso mesmo, lá para fora. E o seu primeiro mercado de exportação é o Luxemburgo para onde já vai dentro de dias uma primeira Sport e onde até ao Natal poderão ir mais duas. Haja "jovens" destes, não é?

Sem comentários:

Publicar um comentário