terça-feira, 24 de agosto de 2010

O reguila

Steve McQueen, é sabido, era um grande entusiasta por motos, e carros, e aviões também. O seu primeiro meio de transporte foi uma Triumph que comprou com 15 anos com o o que ia ganhando de trabalhar em biscates, e ao longo da sua breve vida teve dezenas de máquinas, algumas das quais foi coleccionando (chegou a ter mais de 100 de grande qualidade, e a sua colecção valia milhões de dólares). Participou em provas de carros e motos algumas de primeiro nível e sempre que nos seus filmes havia cenas de perigo com motos ou carros, fazia questão de ser ele a conduzir a máquina. A foto acima é talvez uma das que melhor mostram o seu duplo carácter de reguila por um lado (repare-se no cigarro na ponta da boca, bem ao estilo cowboy) e apaixonado pelas motos por outro. Foi tirada em 1964 quando Steve, então com 24 anos, fez parte da equipa norte-americana do ISDT desse ano, o qual teve lugar na Alemanha de Leste. Para iludir as companhias de seguros que tentavam ao máximo impedi-lo de participar em provas como esta por causa do seu trabalho como actor de cinema, Steve muitas vezes participava nas provas com nomes falsos ou, quando não o conseguia, participava sob o seu próprio nome mesmo que isso depois lhe desse complicações. Daqui a pouco mais de dois meses já faz 20 anos que ele nos deixou.


Sem comentários:

Publicar um comentário