sábado, 29 de maio de 2010

Com três motores, e tracção à frente!


Quando falamos em motos com tracção à roda da frente, a que nos vem logo à cabeça é a Solex que surgiu depois da segunda guerra mundial, mas antes dela houve pelo menos dois outros projectos nesta área - o da Moleva italiana e o da Killinger & Freunde alemão. O primeiro tem umas quantas semelhanças com o que viria a ser a Solex mas o da Killinger & Freunde é espectacularmente revolucionário. Tinha três motores de 200cc a dois tempos de um cilindro cada, montados de forma radial à volta da roda da frente, com um volante de motor, embraiagem e transmissão (de duas velocidades) comuns. Desenvolvido em 1935 por cinco técnicos de Munique - dos quais os mais importantes seriam, provavelmente, os que deram o nome à moto - o primeiro protótipo sõ ficou pronto em 1938, pouco tempo antes do eclodir da segunda guerra e embora não haja fotos da moto a andar, tudo indica que pelo menos esse protótipo terá funcionado pois no fim da guerra, as tropas americanas descobriram um exemplar com sinais de uso.

Apesar do conceito da moto desafiar um dos princípios básicos de que uma máquina de duas rodas deve ter o conjunto roda-suspensão o mais leve possível - o seu principal problema seria na interconexão entre os vários motores e o volante da roda mas um engenheiro austríaco diz que o mesmo se consegue resolver e está a considerar desenvolver uma réplica da moto para estar pronta dentro de dois anos.

Sem comentários:

Publicar um comentário